Fundação Padre Anchieta

Imprensa

Contato alebarbosa@tvcultura.com.br
15/05/2017

TV Cultura promove exposição sobre o Tropicalismo na Semana Nacional de Museus

De 15 a 19 de maio, o público poderá visitar a emissora e exposições em homenagem à Tropicália, além de uma mostra sobre os programas infantis do canal
20170512161323_sem-t-tulo.jpg
20170512161323_sem-t-tulo.jpg

Entre os dias 15 e 19 de maio, a TV Cultura abre suas portas ao público como integrante da Semana Nacional de Museus, organizada pelo IBRAM (Instituto Brasileiro de Museus). Neste ano, a emissora presta uma homenagem aos 50 anos do Tropicalismo, por meio de seu acervo cênico e audiovisual. A exposição especial também relembra os anos 50 e 60 do Brasil, além de uma ala dedicada aos programas infantis Cocoricó, X-Tudo e Vila Sésamo, que comemoram 20, 25 e 45 anos, respectivamente. As visitas acontecem de segunda (15) a quinta-feira (18/5) em dois horários diferentes, das 11h às 13h e das 15h às 17h, e sexta-feira (19/5), das 11h às 13h. Para participar, os interessados devem preencher um formulário no site da TV Cultura com o dia e horário de sua escolha. A entrada é gratuita.

Guiados por monitores, os visitantes poderão entrar em contato com a história dos tropicalistas. Em dois andares, estarão dispostos discos; objetos de época; figurinos; uma releitura da obra Tropicália, de Hélio Oiticica, que inspirou o nome do movimento; e uma linha do tempo. Ela começa em 1950, quando a televisão chegou ao Brasil, dá destaque a 1967 e 1968, anos em que o Tropicalismo esteve em evidência, e termina em 1969, com a criação da TV Cultura.

Uma outra ala é dedicada a programas infantis produzidos pela TV Cultura. Peças clássicas que integram o imaginário de boa parte dos telespectadores estarão à mostra, como os bonecos da série Cocoricó. Produções como X-Tudo e a primeira versão de Vila Sésamo também ganham destaque, com seus protagonistas, X e Garibaldo, podendo ser vistos de perto pelos visitantes.

O público fará ainda um tour pela Fundação Padre Anchieta, passando por locais como estúdios, rádios e jornalismo.